Câmara faz pedido para preservação de memória da antiga ferroviária

20/03/2020 às 14:42:00

A Câmara Municipal de Penápolis, em atendimento ao vereador Nardão Sacomani (DEM), formalizou à administração municipal pedido para a realização de ações pela preservação e promoção da memória da antiga estação ferroviária, cujo prédio será transformado  no Centro de Integração e Cidadania. O democrata sugere a criação de ambiente específico e aproveitamento de diversos pontos do local com colocação de painéis fotográficos, peças, acessórios e outros itens ligados à sua história. "A construção da linha férrea foi determinante para a fundação e desenvolvimento  de Penápolis, sendo a estação ferroviária grande marco local. A conciliação  de medidas para promover essa memória dentro do futuro Centro de Integração  da Cidadania certamente contribuirá para merecida valorização", diz justificativa de Nardão Sacomani.

De acordo com o livro "Penápolis, História e Geografia", do professor e historiador Fausto Ribeiro de Barros, as "estações de trem" em Penápolis e Araçatuba foram inauguradas no dia 2 de dezembro de 1908.

Dengue: Em tempo de enorme mobilização para conter o coronavírus, o vereador José Antonio Ferres Chacon, o Cabeça (PSD), citou também a importância da continuidade de cuidados contra a dengue. "Temos que ter cuidados contra o coronavírus e não esquecer que a  dengue  também mata".

O vereador Francisco José Mendes, o  Tiquinho (PSDB), repercutiu que as prefeituras   trabalham no combate ao coronavírus em conjunto com os governos estadual e federal.   O vereador Pr. Bruno Marco (PSD), destacou a importância de rapidez na mobilização contra a nova doença.  O vereador Rodolfo Valadão  Ambrósio, o "Dr. Rodolfo" (PSD), reforçou sobre a necessidade de contenção do crescimento de casos de coronavírus. "Não temos leitos suficientes para chegada de grande número de pacientes de uma vez".