Câmara pede contratação de mais um médico angiologista pelo Cisa

25/06/2020 às 00:01:00

A Câmara Municipal de Penápolis teve em sua sessão segunda-feira, dia 22, repercussão com defesa  de contratação de mais um médico angiologista (vascular)  para o CISA.  O pedido ocorreu com a apresentação de requerimento de autoria do vereador Júlio Caetano (PSD). No documento ele relata que o CISA enfrenta dificuldades na área de angiologia, cuja única medica do serviço está afastada com licença. "A população de Penápolis e demais  cidades do CISA não podem ficar sem atendimento tão importante no tratamento de doença das artérias, veias e vasos linfáticos", afirmou Júlio Caetano.

O vereador Francisco José Mendes, o Tiquinho (PSDB),  disse que além do profissional na área vascular, é necessário acertar o local para realização de cirurgias dos pacientes atendidos. "Essa é uma situação de Brasil. Precisamos ajustar começo, meio e fim".

 O vereador Pr. Bruno Marco (PSD),  reforçou sobre as dificuldades do CISA  ter apenas uma médica com especialidade em angiologia e considerou que o município tem recebido muitos recursos para a saúde.

O vereador Rodolfo Valadão Ambrósio, o Dr.  Rodolfo (PSD), criticou a administração municipal. "Não tem medicamentos, não tem cirurgias, não tem exames".

O vereador Adalgiso do Nascimento, o Ziza (MDB),  disse que a parte de especialidades local possui administração pelo CISA  e não pela prefeitura de Penápolis. A vereadora Ester Sezalpino Mioto (PSD),  afirmou que a administração municipal de Penápolis não  estaria pagando o Consórcio Intermunicipal de Saúde e também falou das dificuldades para a área vascular.  O vereador Carlos  Alberto Soares da Silva, o  "Carlão da Educação" (Cidadania),  repercutiu que a parte de angiologia é difícil e até em Araçatuba no setor  público o atendimento enfrenta problemas. O vereador Roberto Delfino (MDB),  falou de trabalho dele  na busca de recursos  para realização de cirurgias de catarata.