Ir para o conteúdo
Ir para conteúdo do site
e-SIC
e-SIC
DIÁRIO OFICIAL
Diário oficial
TRANSPARÊNCIA
Transparência
WEBMAIL
WebMail

Ir para o conteúdo

Câmara de Penápolis
Acompanhe-nos:
Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
OUT
01
01 OUT 2019
Aprovado programa municipal de incentivo à doação de órgãos

A cidade de  Penápolis deverá ter a instituição do Programa Municipal de Incentivo à Doação de Órgãos e Tecidos. A proposta foi aprovada segunda-feira, dia 30, por unanimidade,  através de projeto de lei de autoria do vereador Rubinho Bertolini (SD).  A promoção  deverá contar com ações das Secretarias Municipais de Educação e Saúde  para conscientizar a população sobre a importância da doação de órgãos e tecidos. Em discurso na tribuna da Câmara Municipal, Rubinho Bertolini, disse que  existem grandes filas de pacientes à espera por doadores, no entanto, a efetivação do atendimento no setor ainda tem adesão baixa. "Hoje quem precisa de um órgão ou tecido pode ser um desconhecido, amanhã uma pessoa próxima ou nós mesmos", repercutiu Rubinho Bertolini. Segundo levantamento feito pelo vereador, apesar do Brasil ostentar  o maior programa  público de transplantes do mundo, o país ainda falha na tarefa de informar e conscientizar a população. Em 2018,  o índice de negativa familiar à doação alcançou 43%.  "Contribuir para um aumento  de doadores no Brasil é contribuir  também  para uma relevante redução  de custos na área  da saúde, uma vez que as pessoas que esperam  numa fila de transplante  são portadores  de insuficiências  graves  de coração, pulmão, rins, entre outros órgãos e que muitas vezes  esperam em hospitais públicos  ou residências, consumindo recursos  e medicamentos por causa da dolorosa espera", diz parte da justificativa do projeto.

 O Brasil apresenta marca de 16  efetivos doadores  de órgãos por um milhão  de habitantes, enquanto países como Espanha, Estados Unidos, Portugal e França alcançam o dobro. Para Rubinho Bertolini é inadmissível que a ausência de informação  prejudique a possibilidade da vida com doação de órgãos.

 

VINCULADOS À PÁGINA:
Rubens de Medici Ito Bertolini
Informativos da Câmara
Cadastre seu e-mail para receber as novidades da Câmara de Penápolis
Endereço
Marginal Maria Chica, nº 1450 - Centro
CEP: 16300-005
Atendimento
Atendimento ao Público de Segunda a sexta da 8:00 às 16:00
Redes sociais
Acompanhe nossas redes sociais
Seta
Copyright Instar - 2006-2020. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia