Ir para conteúdo do site interna

Ir para o conteúdo

Câmara de Penápolis
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Proposições
DAEP/SECRETARIA DE SAÚDE: INFORMAÇÕES SOBRE ACOMPANHAMENTO FÍSICO/EMOCIONAL DOS SERVIDORES LOTADOS NESSES SETORES DA MUNICIPALIDADE.
REQ - Requerimentos
req_504-2021_(jandineia)_15021945.pdf 701,64 KB
Download
Detalhes
Detalhes
Situação
Aprovado
Legislatura
De 01/01/2021 até 31/12/2024
Destinatário
ao DAEP
Número
504/2021
Data
13/12/2021
Ementa
ao DAEP e Secretaria Municipal de Saúde, solicitando dos responsáveis que nos prestem as seguintes informações, sobre a existência de programas de acompanhamento físico/emocional dos servidores lotados nesses setores da municipalidade: 1- O Daep e a Secretaria de Saúde têm acompanhado seus funcionários, em relação ao extresse emocional e físico no período pós-pandemia? 2- O que pode ser feito para aliviar a tensão emocional vivida por esses funcionários? 3- Existe a possibilidade de contratação de psicólogo para acompanhamento desses funcionários? 4- Caso a contratação não seja possível, estes poderiam ser incluídos em programas já desenvolvidos pela Administração municipal em outros setores?
Clique para ler tudo sasasasas
Justificativa
Levantamentos realizados por entidades ligadas à saúde, como a Fundação Fiocruz, mostram que os profissionais da área da Saúde estão esgotados, reflexo não só da proximidade com o elevado número de casos e mortes de pacientes, colegas de profissão e familiares, como também das alterações significativas que a pandemia vem provocando em seu bem-estar pessoal e vida profissional. De acordo com os resultados da pesquisa nacional, a pandemia alterou de modo significativo a vida de 95% desses trabalhadores. Os dados revelam que quase 50% admitiram excesso de trabalho ao longo desta crise mundial de saúde, mostrando que as condições de trabalho desses profissionais, desde o início da pandemia abalou aspectos físicos, emocionais e psíquicos. Em relação aos funcionários locais, a situação não é diferente, pois graves e prejudiciais consequências à saúde mental daqueles que atuam na assistência aos pacientes infectados foram também detectadas. No departamento de água e esgoto, por exemplo, existem relatos de que alguns servidores estão sob medicação (antidepressivo) para aliviar essa carga emocional vivida nesse período de pandemia. É preciso atenção especial para essa categoria, pois a pesquisa relata a ocorrência de ocorrências graves com a perturbação do sono (15,8%), irritabilidade/choro frequente/distúrbios em geral (13,6%), incapacidade de relaxar/estresse (11,7%), dificuldade de concentração ou pensamento lento (9,2%), perda de satisfação na carreira ou na vida/tristeza/apatia (9,1%), sensação negativa do futuro/pensamento negativo, suicida (8,3%) e alteração no apetite/alteração do peso (8,1%).
Clique para ler tudo sasasasas
Seta
Versão do Sistema: 3.2.2 - 02/05/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia