Ir para o conteúdo

Câmara de Penápolis
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
SET
23
23 SET 2021
Audiência promovida pela Câmara cobra Executivo para projeto

O encaminhamento de projeto de lei municipal pelo Executivo  com  atendimento à causa animal. Este foi um dos principais pedidos defendidos terça-feira, dia 22, na audiência pública promovida pela Câmara Municipal de Penápolis sobre o setor. O encontro, requerido pela presidente do Legislativo, Letícia Sader (MDB), contou com a participação de autoridades, protetores de animais e população no geral. No início de agosto a Câmara Municipal entregou à administração anteprojeto de lei pesquisado em Votuporanga para sua criação local. Na audiência pública o vereador Altair Reis (CIDADANIA) relatou a importância da instituição da legislação defendida. “O projeto já tem a criação do conselho e do fundo municipal para a causa animal, além de várias outras disposições que fortalecerão os cuidados com os animais”. O vereador Ivan Sammarco (DEM) também enalteceu a necessidade de lei municipal para a causa animal, o que foi reforçado em discursos pela vereadora Dona Vilma (REPUBLICANOS) e Nelson  Kbção (CIDADANIA).  A presidente da Câmara Municipal defendeu a castração como essencial para melhor controle de cães e gatos. O vereador Rodolfo Valadão Ambrósio, o  “Dr.  Rodolfo” (PSD), disse que o prefeito Caíque  Rossi (PSD) determinou contratações para castrações, inclusive de forma terceirizada, além do atendimento pelo Centro de Zoonoses. O vereador Isanoel Ditinho (PODEMOS) pediu cuidados para os animais de grande porte. O vereador Paulinho do Esporte (DEM) disse que tem atuado em busca de forma de viabilização de programa para substituição das carroças de tração animal. O vereador Professor Bruno (PSD) defendeu a realização de censo animal. A vereadora Professora Jandinéia (PT) considerou que causa animal é saúde pública. Entre outras  propostas elencadas na audiência pública estão reserva de cota de castração à APAP, efetivação de utilização de R$ 60 mil dispostos na LDO de 2022 para estruturação física do centro de castração; construção de um local para acolhimento de animais e criação de playground  animal (espaço para interação animal e tutor).  

VINCULADOS À PÁGINA:
LETÍCIA TAKANO SADER
Seta
Versão do Sistema: 3.1.6 - 03/11/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia