Ir para o conteúdo

Câmara de Penápolis e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Siga nossos canais
Câmara de Penápolis
Acompanhe-nos:
Rede Social Youtube
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
FEV
27
27 FEV 2023
Ex-jogador e técnico Rubinho recebe título de Cidadão Penapolense
Foto Noticia Principal Grande
1- Ao centro, Rubinho, acompanhado pela sua esposa Rosemara, recebeu título de Cidadão Penapolense através do vereador Altair Reis.
enviar para um amigo
receba notícias

Num reconhecimento à sua destacada atuação em prol do esporte na  cidade,  o ex-técnico do  CAP (Clube Atlético Penapolense), recebeu sexta-feira, dia 24, o título de Cidadão Penapolense em solenidade promovida pela Câmara Municipal.  A entrega ocorreu pelo vereador Altair Reis (Cidadania), autor de projeto para a homenagem. O propositor enalteceu a história vitoriosa de Rubinho através do futebol, incluindo marcante trabalho em Penápolis.

Vida:  Filho de Antonio Teixeira Lima e Laudimira  Teixeira Lima, Roubeval Teixeira Lima, o Rubinho,  nasceu dia 22 de maio de 1943 em Planalto, interior de São Paulo. Caçula de nove irmãos, tem descendência de baianos.  Começou a jogar futebol por volta de 8 anos de vida, em brincadeiras na rua.  Ainda adolescente  teve reconhecida sua habilidade   por   Hélio Gardini, que já havia jogado no Palmeiras. Rubinho foi levado em 1957 para treinar na base do verdão na capital paulista, onde permaneceu por cinco anos, tendo convivência com renomados jogadores, como Júlio Botelho, Djalma Santos, Milton Medeiros e Ademir da Guia. Após o Palmeiras   jogou  no Mirassol, seguindo para diversos outros clubes, como no Botafogo de Ribeirão Preto, de 1964 a 1965, com participação  na segunda excursão internacional da história do clube. Com títulos de campeão pelo Mirassol, Olímpia, Botafogo de Ribeirão Preto e Fernandópolis,  parou de jogar em 1973, tendo como último clube  o Vasco da Gama de Americana. Passou a trabalhar na agência  do Banco Noroeste em  Guarulhos.  Após quase uma década afastado dos campos,  retornou como auxiliar técnico do América Futebol Clube em São José do Rio Preto. Em 1985 chega a Penápolis para ser o técnico do Clube Atlético Penapolense (CAP).  Na cidade evitou o rebaixamento do time profissional e  ajudou também no encaminhamento de vários jogadores para outros clubes. Desde sua chegada a Penápolis permanece vinculado e com domicílio  local, além da parte esportiva. Casou-se com a penapolense  Rosemara Aparecida da Cruz e tiveram três filhos:  Mayara,  Victor Hugo e Lucas Gustavo, todos nascidos em Penápolis. Na carreira como técnico de futebol, incluindo passagem por mais de 20 equipes, com conquistas de títulos  de campeão pelo Linense, Pirassununguense e Paraguaçuense, Rubinho tem orgulho de ter ajudado a revelar um do maiores jogadores do mundo,   Roberto Carlos.  Perto de completar 80 anos de vida, ainda mostra habilidade dentro de campo jogando  futebol em Penápolis.

 

VINCULADOS À PÁGINA:
ALTAIR DOS SANTOS REIS
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia