Ir para o conteúdo

Câmara de Penápolis e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Siga nossos canais
Câmara de Penápolis
Acompanhe-nos:
Rede Social Youtube
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
DEZ
01
01 DEZ 2017
Vereador Rubinho Bertolini cobra melhorias para o Parque Aquático
enviar para um amigo
receba notícias

A Câmara Municipal de Penápolis aprovou segunda-feira, dia 27, requerimento de autoria do seu presidente, Rubinho Bertolini (SD), na defesa   da revitalização do Parque Aquático Dirceu Gastão dos Santos Peters. As principais melhorias solicitadas são construção de piscina infantil, limpeza da piscina de biribol, reforma dos banheiros e conserto do alambrado de separação com a arquibancada do Estádio Municipal Tenente Carriço. "O Parque Aquático está em situação precária, impossibilitando a utilização adequada de suas dependências, além de comprometer a segurança dos usuários", relata Rubinho Bertolini em documento encaminhado ao Executivo.

Defesa Civil: O vereador José Ferres Chacon, o "Cabeça" (PSD), requereu ao Executivo a formação de um grupo de voluntários voltado à realização de ações preventivas, socorros, assistenciais e reconstrutivas para casos de desastres naturais ou incidentes tecnológicos. O pessedista afirma que diante de crescentes mudanças climáticas  se torna cada vez mais importante a atenção do poder público com  a Defesa Civil do município.

Santa Casa: A Câmara Municipal formalizou à Santa Casa, pedido de esclarecimentos sobre a ausência injustificada  de uma funcionária auxiliar administrativa do hospital. O questionamento foi apresentado pelo vereador Júlio Caetano (PSD). Segundo ele, a funcionária citada registrou falta desde o dia 8 de novembro. "Sabemos que  existe uma norma  interna da Santa Casa, datada de 20 de janeiro de 2005, que obriga a apresentação  de justificativa de ausência, seja atestado médico, ao departamento pessoal, no prazo máximo de 24 horas. Caso ocorra a impossibilidade de locomoção, que seja comunicado por outros meios entre o funcionário e o hospital", afirma Júlio Caetano. No requerimento, ele informar que a funcionária faltosa  tem salário bruto de R$ 4.176,30, valor bem maior do que grande parte dos demais funcionários da Santa Casa.

Sílvia Covas: Em prol do Posto de Saúde do bairro Sílvia Covas, Júlio Caetano indicou  cuidados estruturais e de materiais.

Já ao Corpo de Bombeiros, ele questiona a ausência de uma das duas unidades de resgate na cidade. A preocupação consiste para as situações de atendimento de duas ocorrências simultâneas. 

Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia