Ir para o conteúdo

Câmara de Penápolis
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
17
17 NOV 2021
Requerimento questiona planejamento de cuidados para áreas verdes

A Câmara Municipal de Penápolis aprovou terça-feira, dia 16, requerimento de autoria do vereador Professor Bruno (PSD) em defesa de planejamento para capinação e podas em pontos críticos da cidade, especialmente no início do ano. Entre os locais elencados no documento estão o Parque Maria Chica, Parque Santa Leonor e canteiros centrais. Professor Bruno busca informações  se a administração municipal tem algum plano  de trabalho pela Secretaria Municipal de Agricultura para a realização do atendimento. “O Parque Maria Chica e outros pontos já estão necessitando de cuidados”, considera o pessedista.

O vereador Nelson Kbção (Cidadania) relatou a necessidade de melhor estruturação da Secretaria Municipal de Agricultura com mais equipamentos e novas contratações. A vereadora Dona Vilma (Republicanos) reclamou do mato alto na Marginal  Maria Chica. O vereador Júlio Caetano (PSD) repercutiu que são muitos os pontos de áreas verdes e canteiros centrais na cidade, sendo indicado também a realização de uma força tarefa para avançar nos cuidados.

+Limpa: O vereador Professor Bruno também requereu informações sobre a realização do projeto Cidade + Limpa. Ele questiona quantos bairros foram atendidos, quantidade  de materiais recolhidos  e se existe planejamento  para contemplar toda a cidade com a iniciativa.

INSS: O vereador Edson Bilche  Girotto, o “Batata” (PSDB) indicou à administração municipal a colocação de bancos no Parque Santa Leonor  na área de frente a agência do INSS. A medida tem objetivo de possibilitar atendimento aos usuários do estabelecimento da Previdência Social em momento de espera pelo serviço. “Devido a pandemia, os beneficiários  do INSS não conseguem adentrar  a agência para aguardar atendimento, ou seja, são obrigados a permanecer na calçada, no aguardo da chamada. Acontece que muitos deles se dirigem à agência para a realização de perícia e por estarem em condição física comprometida, necessitam de um local para sentarem e o banco mais próximo fica  há cerca de 100 metros”, diz parte da justificativa.

VINCULADOS À PÁGINA:
BRUNO CÉSAR DE SOUZA
Seta
Versão do Sistema: 3.1.7 - 02/12/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia